Lectio Divina :: De onde o Senhor lhe tirou?



Evangelho: Jo 8, 1-11


1. A Leitura Orante da Palavra de Deus merece ser a prioridade de nossas manhãs. Que neste momento você possa silenciar o coração, fechar um pouco os seus olhos, cantar uma música invocando a presença do Espírito Santo e em oração pedir a graça do entendimento, da percepção dos frutos desta meditação e da liberdade interior para acolher as graças de Deus.


Senhor, enviai o teu Espírito para iluminar a minha razão, toda a minha capacidade de escuta e entendimento da tua Palavra. Neste início do dia eu desejo exercer da minha liberdade para Te perceber, Te acolher e viver os frutos desta Palavra ao longo do meu dia. Eu desejo Senhor, mas sou necessitado do Teu Espírito neste momento para prosseguir, por isso, clamo-o.


Nesta ocasião também peço a poderosa intercessão da Virgem Maria, mãe da Igreja e de todos os povos. Invocando-a estou a chamar o poderoso auxílio do povo cristão. Por isso, ó Mãe, vinde em meu auxílio neste momento. Ave Maria...


2. Leitura do Evangelho

Se for preciso, leia mais de uma vez. Deixe a passagem falar ao seu coração antes de prosseguir a leitura desse post.


3. O que o Espírito Santo suscitou de imediato ao seu coração após breve leitura? Anote em seu diário espiritual.


4. Jesus estava sempre de prontidão para percorrer as estradas, subir os Montes, atravessar os mares e em todas as ocasiões estar com o seu povo para falar-lhes ao coração, ensinar, transformar vidas. Nesta altura, já próximo de sua Paixão, é cada vez mais forte a divisão entre aqueles que a partir de uma experiência particular com seu olhar O assumiam como Senhor e os que desejavam colocá-Lo à prova.

- Qual experiência particular com a pessoa de Jesus eu devo recordar no dia de hoje?

- Atualmente, tenho sido fiel a Jesus Cristo buscando atualizar a minha experiência pessoal, ou ainda o testo diante das circunstâncias?

Anote as respostas em seu diário espiritual.


5. Imaginemos o constrangimento daquela mulher. Ela foi exposta e colocada em julgamento. Alguns desejavam fazer seu pecado prevalecer, mas a coerência de Jesus em seus ensinamentos e misericórdia em plenitude falaram mais alto. Ele se inclinou até o chão, tocou no pó. Jesus Cristo tocou na essência da mulher, e permitiu naquele momento ser escrita uma nova história, um recomeço a partir da experiência da Misericórdia.

Os escribas e fariseus desejavam condenar. Aonde estava a capacidade de olhar a vida interior deles? Quais circunstâncias favoreciam tamanho endurecimento de coração e rigidez?


6. Santo Agostinho a respeito desta passagem fala da "Misericórdia e a mísera". A mísera em determinado momento enxerga-se no centro, estando ali somente Jesus Cristo. Ele é a Misericórdia e seu olhar possui como foco alcançar a mulher que mesmo diante do constrangimento, da acusação e do risco de perder a sua vida no apedrejamento desejou permanecer, experimentar em abundância deste amor manifestado. Ali, ela foi tirada de suas confusões, precipitações, desordem de sentimentos e atitudes... ali ela foi retirada para recomeçar.


7. Como estamos aproveitando o tempo Quaresmal para buscarmos uma autêntica reconciliação?


8. Diante das situações, tenho procurado ser misericordioso ou condenador?


9. De onde o Senhor me tirou? Se Ele foi capaz de me resgatar e lançar um olhar de confiança para a minha história, o que ainda endurece o meu coração ao ponto de não recordar das minhas misérias, do pó que eu sou?


10. Senhor, eu sou pó. Sou uma frágil criatura que vivo por ser obra vossa e por isso transbordas de misericórdia para comigo. Não quero te trair, não desejo viver com o coração endurecido e a partir da minha experiência com a vossa compaixão eu desejo exercer da misericórdia, e no contato com a miséria do outro eu desejo sempre recordar de onde o Senhor me tirou. Quero ser sinal da Tua misericórdia e ter uma vida testemunha da transformação que fizestes em mim.

Teu amor não me condenou, fez-me livre. Teu olhar lançou-me para uma nova história.


11. Qual o seu propósito diante desta meditação? Anote em seu diário espiritual.

Continue as atividades deste dia sempre recordando deste momento. Medite e reze com a vida. Ao final das suas atividades, antes de dormir, recorde todas as suas atividades e volte a rezar com esta passagem.

Como você percebeu esse momento de leitura orante da palavra de Deus nas suas atividades de hoje? Anote em seu diário espiritual.


Ave Maria...

Nossa Senhora Auxiliadora, rogai por nós!

Movimento dos Filhos da Santíssima Virgem Auxiliadora

Av. São João Batista  S/N  - Conj. Castelo Branco - Aracaju/SE 

+55 (79) 3021-6960

Todos direitos reservados                Movimento Auxilia - 2020