#ReflexaodoDia: Quinta-feira depois das Cinzas


"Se alguém quer vir após mim, renuncie a si mesmo..." (Dt 30,15-20, 51 1; Lc 9,22-25)


O tema do seguimento é central em todos os Evangelhos. Significa identificar- se com Jesus em sua entrega total aos outros, sem buscar para si nada que possa ter cheiro e resquício de poder e glória. Inicie sua oração criando um clima de intimidade.

"Perder sua vida por causa de mim" equivale a reencontrar-nos nessa identidade que compartilhamos com Jesus e com todos os seres. "Perdemos" o eu, deixamos de viver egocentrados e nos descobrimos seres em relação, inseparáveis dos outros.

Para entrar na escola de Jesus, precisamos nos distanciar de toda ambição pessoal, daquela tendência que deseja possuir, dominar, usar tudo para seus próprios fins, que sempre gira em torno de si mesmo e que até tenta instrumentalizar o próprio Deus. Brota, então, uma compreensão de que o eu se plenifica na medida em que rompe os laços do seu isolamento, se alarga em direção aos outros, na doação, no serviço e no compromisso solidário.

O evangelho de hoje nos instiga também a "tomar a cruz", e "carregar sua cruz" significa acolher aquilo que diariamente cruza o nosso caminho, abraçar, com todas as nossas forças e todas as nossas fraquezas, os sucessos e os fracassos, as coisas vividas e as coisas perdidas, o consciente e o inconsciente...

Nesse sentido, a cruz deixa de ser um "peso morto", ou seja, uma cruz vazia, sem sentido, in-sensata, pois fecha a pessoa em si mesma, em seu sofrimento e angústia; não aponta para o futuro, nem abre um horizonte de vida.

Fazer o caminho contemplativo junto a Jesus que leva a Cruz da fidelidade ajuda-nos a romper com as cruzes que nos afundam no desespero, nos fracassos, nos traumas das experiências frustrantes...

- Agora, leia atentamente, saboreando cada palavra do Evangelho de hoje.

- Na oração, faça um colóquio, converse com o Senhor, "fazendo memória" das cruzes da vida: elas recordam que o dom da vida lhe é dado lido para que se conserve, mas para que se consuma e se expanda no serviço aos outros.

- Com o coração marcado pela gratidão, finalize sua oração.

- Registre no "caderno de vida" os apelos, as luzes, as "moções" que foram surgindo ao longo da oração.

#reflexãoquaresmajovem #quaresmajovemreflexão

Movimento dos Filhos da Santíssima Virgem Auxiliadora

Av. São João Batista  S/N  - Conj. Castelo Branco - Aracaju/SE 

+55 (79) 3021-6960

Todos direitos reservados                Movimento Auxilia - 2020