MEU DIA | 04 de Julho



Oração da Manhã

São Pedro e São Paulo, Apóstolos

Solenidade

Dia do Papa


LAUDES (Manhã)


1. Hino

A paixão dos Apóstolos / este dia sagrou, / o triunfo de Pedro / para nós revelou, / e a coroa de Paulo / até aos céus exaltou.

A vitória da morte / os uniu, como irmãos / consagrados no sangue, / verdadeira oblação; / pela fé coroados, / ao Senhor louvarão.

Pedro foi o primeiro / por Jesus consagrado; / Paulo, arauto por graça, / vaso eleito chamado, / pela fé se igualava / ao que tem o Primado.

Com os pés para o alto / foi Simão levantado / sobre a cruz do martírio, / como o Mestre, elevado, / recordando a Palavra / que ele tinha falado.

Em tão nobre triunfo, / Roma foi elevada / ao mais alto dos cumes, / em tal sangue fundada; / por tão nobres profetas / a Jesus consagrada.

Para cá vem o mundo, / e se encontram os crentes, / feita centro dos povos, / nova mãe dos viventes, / como sede escolhida / pelo Mestre das gentes.

Redentor, vos pedimos / que possamos também / conviver com tais santos, / junto a vós, Sumo Bem, / e cantar vossa glória / pelos séculos. Amém.


2. Salmo 62(63) - Sede de Deus


Ant. 1. Sei em quem eu coloquei a minha fé, e estou certo que ele tem poder divino para guardar até o fim o meu depósito, que o Senhor, justo Juiz, me confiou.

Sois vós, ó Senhor, o meu Deus! * / Desde a aurora ansioso vos busco! / = A minh’alma tem sede de vós, † / minha carne também vos deseja, * / como terra sedenta e sem água!

Venho, assim, contemplar-vos no templo, * / para ver vossa glória e poder. / – Vosso amor vale mais do que a vida: * / e por isso meus lábios vos louvam.

Quero, pois, vos louvar pela vida * / e elevar para vós minhas mãos! / – A minh’alma será saciada, * / como em grande banquete de festa; / – canta a alegria em meus lábios, * / ao cantar para vós meu louvor!

Penso em vós no meu leito, de noite, * / nas vilias suspiro por vós! / – Para mim fostes sempre um socorro; * / de vossas asas à sombra eu exulto! / – Minha alma se agarra em vós; * / com poder vossa mão me sustenta.

Glória. Ant. 1. Sei em quem eu coloquei a minha fé, e estou certo que ele tem poder divino para guardar até o fim o meu depósito, que o Senhor, justo Juiz, me confiou.


3. Cântico Dn 3,57-88.56 - Louvor das criaturas ao Senhor


Ant. 2. A sua graça para mim não foi inútil; está comigo e para sempre ficará.

Obras do Senhor, bendizei o Senhor, * / louvai-o e exaltai-o pelos culos sem fim! / – Céus do Senhor, bendizei o Senhor! * / Anjos do Senhor, bendizei o Senhor!

(R. Louvai-o e exaltai-o pelos culos sem fim! ou R. A ele glória e louvor eternamente!)

Águas do alto céu, bendizei o Senhor! * / Potências do Senhor, bendizei o Senhor! / – Lua e sol, bendizei o Senhor! * / Astros e estrelas, bendizei o Senhor! – R.

Chuvas e orvalhos, bendizei o Senhor! * / Brisas e ventos, bendizei o Senhor! / – Fogo e calor, bendizei o Senhor! * / Frio e ardor, bendizei o Senhor! – R.

Orvalhos e garoas, bendizei o Senhor! * / Geada e frio, bendizei o Senhor! / – Gelos e neves, bendizei o Senhor! * / Noites e dias, bendizei o Senhor! – R.

Luzes e trevas, bendizei o Senhor! * / Raios e nuvens, bendizei o Senhor! / – Ilhas e terra, bendizei o Senhor! * / Louvai-o e exaltai-o pelos culos sem fim! – R.

Montes e colinas, bendizei o Senhor! * / Plantas da terra, bendizei o Senhor! / – Mares e rios, bendizei o Senhor! * / Fontes e nascentes, bendizei o Senhor! – R.

Baleias e peixes, bendizei o Senhor! * / Pássaros do céu, bendizei o Senhor! / – Feras e rebanhos, bendizei o Senhor! * / Filhos dos homens, bendizei o Senhor! – R.

Filhos de Israel, bendizei o Senhor! * / Louvai-o e exaltai-o pelos culos sem fim! / – Sacerdotes do Senhor, bendizei o Senhor! * / Servos do Senhor, bendizei o Senhor! – R.

Almas dos justos, bendizei o Senhor! * / Santos e humildes, bendizei o Senhor! / – Jovens Misael, Ananias e Azarias, * / louvai-o e exaltai-o pelos culos sem fim! – R.

Ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo * / louvemos e exaltemos pelos culos sem fim! / – Bendito sois, Senhor, no firmamento dos céus! * / Sois digno de louvor e de glória eternamente! – R.

No fim deste cântico, não se diz: Glória ao Pai.

Glória. Ant. 2. A sua graça para mim não foi inútil; está comigo e para sempre ficará.


4. Salmo 149 - A alegria e o louvor dos santos


Ant. 3. Combati o bom combate, terminei minha carreira, conservei a minha fé.

Cantai ao Senhor Deus um canto novo, * / e o seu louvor na assembleia dos fiéis! / – Alegre-se Israel em Quem o fez, * / e Sião se rejubile no seu Rei! / – Com danças glorifiquem o seu nome, * / toquem harpa e tambor em sua honra!

Porque, de fato, o Senhor ama seu povo * / e coroa com vitória os seus humildes. / – Exultem os fiéis por sua glória, * / e cantando se levantem de seus leitos, / – com louvores do Senhor em sua boca * / e espadas de dois gumes em sua mão,

para exercer sua vingança entre as nações * / e infligir o seu castigo entre os povos, / – colocando nas algemas os seus reis, * / e seus nobres entre ferros e correntes, / – para aplicar-lhes a sentença já escrita: * / Eis a glória para todos os seus santos.

Glória. Ant. 3. Combati o bom combate, terminei minha carreira, conservei a minha fé.


5. Leitura breve 1Pd 4,13-14

Caríssimos, alegrai-vos por participar dos sofrimentos de Cristo, para que possais também exultar de alegria na revelação da sua glória. Se sofreis injúrias por causa do nome de Cristo, sois felizes, pois o Espírito da glória, o Espírito de Deus repousa sobre vós.


6. Responsório breve

R. Por Cristo entregaram suas vidas, * Pelo nome de Jesus, nosso Senhor. R. Por Cristo.

V. Saíram exultantes do Sinédrio, por ter sido achados dignos de sofrer. * Pelo nome. Glória ao Pai. R. Por Cristo.


7. Cântico evangélico


Ant. Disse Pedro a Jesus: A quem nós iremos, Senhor Jesus Cristo? Só tu tens palavras de vida eterna. Nós cremos, sabemos que és o Senhor, que tu és o Cristo, o Filho de Deus!


Benedictus – Lc 1,68-79


O Messias e seu Precursor


– Bendito seja o Senhor Deus de Israel, *

porque a seu povo visitou e libertou;

– e fez surgir um poderoso Salvador *

na casa de Davi, seu servidor,


– como falara pela boca de seus santos, *

os profetas desde os tempos mais antigos,

– para salvar-nos do poder dos inimigos *

e da mão de todos quantos nos odeiam.


– Assim mostrou misericórdia a nossos pais, *

recordando a sua santa Aliança

– e o juramento a Abraão, o nosso pai, *

de conceder-nos que, libertos do inimigo,


= a ele nós sirvamos sem temor †

em santidade e em justiça diante dele, *

enquanto perdurarem nossos dias.


= Serás profeta do Altíssimo, ó menino, †

pois irás andando à frente do Senhor *

para aplainar e preparar os seus caminhos,


– anunciando ao seu povo a salvação, *

que está na remissão de seus pecados,


– pela bondade e compaixão de nosso Deus, *

que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,


– para iluminar a quantos jazem entre as trevas *

e na sombra da morte estão sentados

– e para dirigir os nossos passos, *

guiando-os no caminho da paz.


– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *

Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Disse Pedro a Jesus: A quem nós iremos, Senhor Jesus Cristo? Só tu tens palavras de vida eterna. Nós cremos, sabemos que és o Senhor, que tu és o Cristo, o Filho de Deus!


8. Preces

Oremos a Cristo, que edificou sua Igreja sobre o alicerce dos apóstolos e dos profetas; e digamos com fé:

R. Favorecei, Senhor, a vossa Igreja!

VÓS, que rezastes por Pedro para que sua fé não desfalecesse, confirmai na fé a vossa Igreja. – R.

VÓS, que, depois da ressurreição, aparecestes a Simão Pedro e vos revelastes a Paulo, iluminai nossa inteligência, para proclamarmos que estais vivo no meio de nós. – R.

VÓS, que escolhestes o apóstolo Paulo para anunciar o vosso nome aos povos pagãos, tornai-nos verdadeiros pregadores do vosso evangelho. – R.

VÓS, que, na vossa misericórdia, perdoastes as negações de Pedro, perdoai também as nossas faltas. – R.

(intenções livres)


9. Pai nosso...


10. Oração

Ó Deus, que hoje nos concedeis a alegria de festejar São Pedro e São Paulo, concedei à vossa Igreja seguir em tudo os ensinamentos destes Apóstolos que nos deram as primícias da fé. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.


Liturgia do dia:

Primeira Leitura (At 12,1-11)

Responsório (Sl 33)

Segunda Leitura (2Tm 4,6-8.17-18)

Evangelho (Mt 16,13-19)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 13Jesus foi à região de Cesareia de Filipe e ali perguntou aos seus discípulos: “Quem dizem os homens ser o Filho do Homem?”14Eles responderam: “Alguns dizem que é João Batista; outros que é Elias; outros ainda, que é Jeremias ou algum dos profetas”. 15Então Jesus lhes perguntou: “E vós, quem dizeis que eu sou?”16Simão Pedro respondeu: “Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo”. 17Respondendo, Jesus lhe disse: “Feliz és tu, Simão, filho de Jonas, porque não foi um ser humano que te revelou isso, mas o meu Pai que está no céu. 18Por isso eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra construirei a minha Igreja, e o poder do inferno nunca poderá vencê-la. 19Eu te darei as chaves do Reino dos Céus: tudo o que tu ligares na terra será ligado nos céus; tudo o que tu desligares na terra será desligado nos céus”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

 

Santo do dia:

São Pedro e São Paulo, Apóstolos

Estes santos são considerados “os cabeças dos apóstolos” por terem sido os principais líderes da Igreja Cristã Primitiva, tanto por sua fé e pregação, como pelo ardor e zelo missionários.


Pedro, que tinha como primeiro nome Simão, era natural de Betsaida, irmão do Apóstolo André. Pescador, foi chamado pelo próprio Jesus e, deixando tudo, seguiu ao Mestre, estando presente nos momentos mais importantes da vida do Senhor, que lhe deu o nome de Pedro.

Em princípio, fraco na fé, chegou a negar Jesus durante o processo que culminaria em Sua morte por crucifixão. O próprio Senhor o confirmou na fé após Sua ressurreição (da qual o apóstolo foi testemunha), tornando-o intrépido pregador do Evangelho através da descida do Espírito Santo de Deus, no Dia de Pentecostes, o que o tornou líder da primeira comunidade. Pregou no Dia de Pentecostes e selou seu apostolado com o próprio sangue, pois foi martirizado em uma das perseguições aos cristãos, sendo crucificado de cabeça para baixo a seu próprio pedido, por não se julgar digno de morrer como seu Senhor, Jesus Cristo. Escreveu duas Epístolas e, provavelmente, foi a fonte de informações para que São Marcos escrevesse seu Evangelho.

Paulo, cujo nome antes da conversão era Saulo ou Saul, era natural de Tarso. Recebeu educação esmerada “aos pés de Gamaliel”, um dos grandes mestres da Lei na época. Tornou-se fariseu zeloso, a ponto de perseguir e aprisionar os cristãos, sendo responsável pela morte de muitos deles.

Converteu-se à fé cristã no caminho de Damasco, quando o próprio Senhor Ressuscitado lhe apareceu e o chamou para o apostolado. Recebeu o batismo do Espírito Santo e preparou-se para o ministério.

Tornou-se um grande missionário e doutrinador, fundando muitas comunidades. De perseguidor passou a perseguido, sofreu muito pela fé e foi coroado com o martírio, sofrendo morte por decapitação. Escreveu treze Epístolas e ficou conhecido como o “Apóstolo dos gentios”.


São Pedro e São Paulo, rogai por nós!


 

Oração da Noite:

Querida mãe, virgem Maria, fazei que eu salve a minha alma

— Ave Maria...

Querida mãe, virgem Maria, fazei que eu salve a minha alma

— Ave Maria...

Querida mãe, virgem Maria, fazei que eu salve a minha alma

— Ave Maria...

Tu, Auxílio maravilhoso dos cristãos, Tu, terrível como exército ordenado em batalha, Tu, que só destruíste toda heresia em todo o mundo: nas nossas angústias, nas nossas lutas, nas nossas aflições, defende-nos do inimigo; e na hora da morte, acolhe a nossa alma no paraíso.

Assim seja.

Nossa Senhora Auxiliadora

— Rogai por nós!

nOVA-CAMISA.png
NOVA
ADQUIRA NA MISSÃO
MAIS PRÓXIMA DE VOCÊ!
AUXICAMISA